[Crítica] Não se aceitam devoluções

Sinopse: Juca Valente é dono de um quiosque no litoral de São Paulo e só quer saber de diversão. Eterno namorador, ele detesta grandes responsabilidades e não pensa em ter nada sério com ninguém. Mas sua vida toma um rumo totalmente diferente quando uma ex-namorada americana larga um bebê com ele e desaparece. Juca então parte para os Estados Unidos na intenção de devolver a criança, sem nem imaginar que começaria a gostar da ideia de ser pai.

Resultado de imagem para não aceitamos devoluções

O remake do filme mexicano de 2013, “Não se Aceitam Devoluções”, não mostra inicialmente para o que veio, apesar de ter Leandro Hassum, ator reconhecido em comédias brasileiras. Inicia-se a história de forma clássica nas comédias nacionais, homem mulherengo, sem querer se relacionar e tendo que se virar após receber uma criança para cuidar. Entretanto com o desenvolver do filmes vemos que não é igual aos outros.

Diferentemente de muitos filmes, boa parte das piadas são bem feitas, conseguindo  tirar boas risadas do público. Entretanto, a principal importância do filme são os laços criados por Juca e sua filha Emma, mostrando como ele lida com a situação após ter que criar de uma criança, mesmo não querendo criar uma família. Somos convidados a entrar no universo deles, por um momento sentimos o sentimento paternal desenvolvido durante essa transição.

Ou seja, apesar de ser vendido como mais uma comédia brasileira, o foco do filme acaba sendo as cenas dramáticas e a história dessa família. Vendo como Juca tenta lidar com todos os problemas acarretados por essa paternidade e amor que tem pela sua amada Emma e mostrando que o amor supera qualquer barreira existente.

Resultado de imagem para não aceitamos devoluções 2018

Acho que é um filme que deve ser visto por todos, pois ensina que família não é uma definição pré-fabricada, que está no dicionário. Além de ser um filme que faz você rir e ainda consegue te emocionar, então fica aqui a indicação.

8.6 / 10

Anúncios

Autor: kathysant

Gestora em Turismo, diva do Olar e escritora em tempo livre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s