[Dica] Quando Nos Conhecemos

Diretamente dos “populares da Netflix”, Quando Nos Conhecemos é uma comédia de 2018 que nos traz (ou devo dizer, leva) a uma estória mirabolante cheia de viagens no tempo. Olha só que elenco teen fofinho :

Resultado de imagem para filme quando nos conhecemos netflix

Pois então, tenho certeza que você reconheceu esses dois famosinhos aí de Flash, o Ronnie (Robbie Amell), e Percy Jackson, a Annabeth (Alexandra Daddario). São demais, sabemos. Mas agora, vamos focar no protagonista: o Noah (Adam DeVine), que seguindo sua vida tranquilamente, vai a uma festa à fantasia e conhece uma pessoa muito especial, a Avery (Alexandra Daddario) que segundo ele, é a sua alma gêmea. Após algum tempo conversando e vendo estudantes se jogarem na piscina, eles resolvem sair dali e visitar um bar onde o próprio Noah trabalha, como tocador de piano.

Chegando lá, os dois criam uma ótima sintonia escutando e tocando Jazz, claro que chamado atenção de todos que se encontravam ali, e então não demora muito até Avery o convidar para ir até a sua casa (calma aí, sem segundas intenções) para os dois se conhecerem melhor (agora sim pode pensar). Naturalmente, com mais conversa e uma tigela “cheinha” de sucrilhos, os olhos do garoto brilhavam a cada sorriso que Avery mostrava, até que no último momento (o mais esperado de toda a noite como aquele ‘SIM’ do(a) 10/10) ela o abraçou, firmando toda a zona de amizade que haveria entre os dois.

Todavia, revoltado e perdidamente apaixonado, Noah não a esquece mesmo após quatro anos desde aquele data, um de novembro, O Dia. E estando ele na mesma data, só que na festa de noivado da Avery com o Ethan (Robbie Amell), seu sentimento de impotência e tristeza fica cada vez mais difícil de suportar. Assim, após se embebedar e ser levado ao mesmo bar daquele dia memorável, ele decide tirar fotos na mesma cabine como fizeram antes, mas desta vez jurou para si mesmo que se tivesse a chance de mudar seu destino, o faria. Por isso, milagrosamente ele realiza seu desejo maroto e tenta inúmeras vezes mudar a ordem racional e precisa da vida e do tempo, refletindo a cada investida para fazer seu plano dar certo (ou não), percebendo que podia ficar melhor do que ele desejava.

É rápido, engraçado, criativo e envolvente, com uma pegada do Barney Stinson. A única coisa meio triste é que não tem uma trilha sonora extensa, mas fora a isso, é super legal. Esse é exatamente aquele tipo de filme perfeito para ser assistido mais de 11 vezes.

 

Nota: 9/10

Anúncios

Autor: Glória

Fissurada em Biologia, café gelado com canela e coisinhas clichés.

Nenhum pensamento

  1. Queria dizer que to na terceira vez assistindo e cada vez mais percebo alguns detalhes! A criação dos personagens foi bem bacana! Conseguem mudar a personalidade a cada vez que ele vai e volta no tempo, sempre algumas diferenças sutis, outras nem tão sutis assim! Achei um ótimo filme que mostra bem o “efeito borboleta” com um jeito bem mais leve e divertido! Conheço o Robin pela série True Jackson e o Adam por A Escolha Perfeita! Juro que não reconheci a Alexandra ahahaha.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s