[Crítica] 100 Dias de Sensualidade

Sinopse: Em “100 dias de sensualidade”, Janaina Rico presenteia o leitor com pérolas eróticas, recheadas de criatividade e exuberância. Textos curtos e deliciosos que tratam de sexo e sexualidade de formas simples, direta e espontânea. Ativam curiosidades e despertam prazeres, através de fantasias sexuais escondidas, nos mais profundos lugares da mente. Permite aos leitores experimentar jogos sedutores que nunca puderem imaginar.

O livro 100 Dias de Sensualidade, como já vem embutido no título, trata-se de um literatura erótica. Apesar de seu público principal ser o feminino adulto, nada impede que os homens dêem uma espinhadinha no livro, principalmente por conter diversos tipos de contos, sendo do ponto de vista feminino ou masculino.

O que mais chama atenção é a forma como foi escrita e a edição, em forma de diário, disponibilizando duas possibilidades de leituras: ler tudo de uma vez ou ler um capítulo por dia. Acredito que a intenção é você ler realmente em cem dias, mas fica a escolha do leitor.

Na minha opinião, a literatura erótica é vista muitas vezes com maus olhos, mas creio que este livro foi feito para fazer com que mudemos de ideia. Ele consegue fazer sentir-se mais sexy, aceitar nossos corpos e agregar sensualidade no nosso dia. Alias, quem não quis alguma vez fazer algo diferente? (fica o 041 de sugestão). O livro traz várias ideias, então fica a dica!

Autora: Janaina Rico

Ano: 2015

Páginas: 146

Editora: Qualis

9.0/10

Anúncios

Autor: kathysant

Gestora em Turismo, diva do Olar e escritora em tempo livre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s